Buscar

Turnover: o custo da rotatividade

Atualizado: Jul 28

Turnover: Esse é o nome dado ao índice de rotatividade dos colaboradores de uma empresa, considerando o fluxo de contratações e demissões em um determinado período (normalmente em um ano). Esse índice revela a capacidade da empresa em reter os colaboradores e em ser atrativa para eles.


Ter altas taxas de turnover é um indicativo de problemas. Alguns deles podem ser a remuneração ou benefícios abaixo do esperado, má administração, falta de estrutura ou desalinhamento com a cultura organizacional.




Tudo isso pode deixar os colaboradores desmotivados e fazer com que saiam da empresa em pouco tempo.


Por outro lado, não é bom ter o índice de turnover muito abaixo da média. Segundo um artigo da Forbes, a falta de rotatividade de pessoas indica que há conformidade na forma de pensamento do grupo, impedindo a empresa de respirar novos ares e inovar. Além disso, pode impedir que talentos inovadores vindos de outras companhias entrem no grupo. Vale ressaltar que, neste caso, o índice muito baixo indica que a empresa possui uma ótima cultura organizacional, bem como benefícios.


A realidade é que, independentemente do tamanho da sua empresa, um volume expressivo de contratações e demissões é uma grande preocupação. É bem mais barato reter funcionários do que contratar novos. A contratação, bem como a fase de treinamento e adaptação e a demissão custam mais do que a retenção de um funcionário. Confira alguns exemplos de taxas de turnover por área econômica:

  • Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura: 0,67%;

  • Indústria: – 1,7%;

  • Construção: – 1,01%;

  • Comércio: – 3,68%;

  • Serviços: – 1,53%.

fonte: CAGED

Calcule o turnover da sua empresa


Para esta conta, é preciso que você tenha os dados de entrada e saída dos empregados. A conta é simples: soma do número de entradas com o número de saídas, depois divida o resultado por dois. O último passo é dividir o resultado pela quantidade de trabalhadores da empresa.


Por que o índice é importante para sua empresa


O índice de renovação de funcionários é essencial para a determinação de políticas de recursos humanos, desde treinamentos até benefícios e programas de retenção de talentos.


O índice serve também para quantificar a perda de lucro devido a menor produtividade de novos contratados. Durante o treinamento do novo colaborador, ele não produzirá o mesmo do que aquele que saiu. Isso se repete a respeito dos que estão prestes a se aposentar também. Logo, a lucratividade cai.

Índices de turnover no Brasil são alarmantes


Quando comparado a outros países, a situação do Brasil não é nada boa. Nosso país apresenta valores maiores do que o dobro da média mundial. Segundo uma pesquisa realizada pela Robert Half, empresa global de consultoria de recursos humanos, envolvendo mais de 1700 diretores de RH, o Brasil é o pior entre os 13 países pesquisados.


De 2010 a 2014, a média global foi de 38% de turnover. No brasil, esse número foi a 82%.

Tipos de turnover

Turnover voluntário e involuntário

O turnover é voluntário quando o funcionário inicia o processo de desligamento, seja por insatisfação ou porque recebeu outra proposta. Já o involuntário é quando a empresa inicia o processo, ou seja, decide demitir o colaborador, seja por desempenho abaixo do esperado ou uma reestruturação organizacional.


É necessária uma compreensão sobre o porquê de os funcionários saírem ou permanecerem na empresa, e a elaboração de estratégias para gerenciar o índice de rotatividade da empresa.

Turnover funcional e disfuncional

O disfuncional é prejudicial à organização de várias maneiras, como a saída de funcionários com habilidades diferenciadas ou que pertencem a grupos minoritários, limitando a diversidade da empresa.

Já o funcional tem um impacto menor, uma vez que os funcionários que estão saindo apresentavam baixo desempenho.

O que causa um alto índice de turnover

Algumas características contribuem para o aumento do índice. Elas não surgiram ontem, portanto também não serão sanadas de um dia para o outro. Mas é importante revê-las caso estejam presentes em sua empresa:

Descrição de vaga incompatível

Isto pode causar desconfiança e problemas na hora do contratado exercer suas funções. Caso a descrição não esteja muito clara ou caso não aborde todas as competências necessárias, as expectativas de ambos os lados podem ser prejudicadas, influenciando o aumento de rotatividade.

Falta de feedback Todo bom funcionário quer saber o que está errando para melhorar, por isso o feedback é tão importante. Quando a liderança não tem esse cuidado ou faz cobranças demais sem deixar claro suas expectativas, é possível que o funcionário fique desanimado e com medo de realizar as tarefas.

Ausência de plano de carreira O funcionário pode se sentir mais desanimado ainda para se empenhar mais nas funções que exerce caso não haja um plano de carreira claro, como a possibilidade de uma promoção.


Liderança ruim Os gestores têm grande responsabilidade nas taxas de turnover. Muita pressão, falta de compreensão e atenção para com o colaborador são características que, por mais que garantam bons resultados, desgastam o colaborador em diversas áreas, incluindo a saúde mental.

Rotina É fato que algumas atividades são intrínsecas ao trabalho diário, no entanto alguns desafios podem ser incluídos ao funcionário que já tem um bom tempo de casa para tirá-lo da rotina maçante, o que pode levar à exaustão mental e física.

Como reduzir o índice de turnover

Essas dicas se resumem a resolver os problemas acima. Confira:

  1. Contrate a pessoa certa para a vaga, deixando claro na entrevista todas as funções que ela exercerá e as expectativas para a posição;

  2. Crie uma política de benefícios justa e motivadora;

  3. Elogie os colaboradores que estão se esforçando para entregar resultados;

  4. Monte um plano de carreira atrativo, reconhecendo sempre quem está se esforçando para atingir metas;

  5. Invista em treinamento para os colaboradores. Muitos profissionais preferem a empresa que patrocina cursos e treinamentos. Até mais do que aquelas que oferecem um salário maior;

  6. O ambiente deve ser agradável. A rotina já é estressante, ninguém quer ficar em um emprego que só piore o estresse e o cansaço;

  7. Implemente uma jornada flexível. Muitas empresas já aderiram ao home office ou à jornada de trabalho flexível. Se o tipo de trabalho realizado na sua empresa permite que o funcionário atue remotamente, pense em acordar um dia ou dois de home office por semana;

  8. Elimine o trabalho monótono.

A importância do cálculo do índice de turnover


Veja agora quais são os benefícios desse indicador que podem ser valiosos para os recursos humanos. Assim como as dicas acima, os benefícios estão diretamente relacionados com as causas de um alto índice. Confira!


1. O turnover ajuda a identificar a necessidade de um outro sistema de recrutamento e seleção;

2. Ele auxilia na verificação das habilidades de liderança dos gestores;

3. Colabora para fazer reformulações no plano de carreira;

4. Pode incentivar a performances melhores.

Como a cultura da sua empresa pode ajudar na diminuição do turnover

É importante alinhar a cultura da empresa com as expectativas do futuro colaborador já no processo seletivo. Se ele entra e não encontra o que deseja, a chance de se desligar em pouco tempo é alta. E quem sai em desvantagem aqui é a empresa.


Nesse sentido, a criação de um código de cultura com os valores, objetivos e as missões impedirá que, no futuro, os colaboradores percebam que não combinavam com o lugar que escolheram. Nesse contexto, a cultura deve ser motivadora e os funcionários precisam ser seguidores dela para que haja harmonia na relação contratante-contratado.


Portanto, é preciso contratar profissionais que não só tenham bons currículos e conhecimentos técnicos, mas também o perfil cultural parecido com o da empresa.

A tecnologia pode ajudar você a ter o turnover ideal


Tecnologias avançadas podem ajudar com o turnover? Sim, e muito! Ferramentas de ponta podem ajudar a mensurar o turnover, contratar as pessoas certas e evitar que a rotatividade seja alta demais.


Outro ponto importante para o aumento do índice é a saúde mental dos colaboradores. Como ter uma cultura de promoção à saúde adequada e prevenção de doenças mentais?


Clique aqui e baixe agora a nossa Enciclopédia da Saúde Mental para Empresas para descobrir como melhorar a saúde mental dos colaboradores com ajuda da tecnologia.

A iTech Care é uma health tech especializada em conectar gestão de saúde com tecnologia e inteligência média com o objetivo de diminuir os custos com saúde, que crescem exponencialmente a cada ano. Respondemos às perguntas certas, criamos soluções inovadoras que geram economicidade e previsibilidade para empresas, além de melhorar a vida das pessoas por meio de big data, algoritmos poderosos, inteligência artificial e machine learning, combinados com a inteligência humana.



Fontes: Kenoby \ Solides \ Forbes | Gupy